A equipe da 50 mais Ativo tem disponíveis os cursos abaixo, ainda sem data para ocorrerem em respeito às orientações de isolamento social em função da Covid-19. Entretanto estamos desenvolvendo material de orientação assim como encontros via web para atender aos que nos tem procurado.

Além dos cursos aqui divulgados, possuímos equipe e conhecimento para estruturar cursos de acordo com a sua demanda e necessidade! Entre em contato.

Mande-nos e-mail ou mensagem via WhatsApp falando de seu interesse pelos cursos e visite nossas páginas nas redes sociais (Facebook e Instagram) para saber das reuniões.

Acompanhante de Idoso
Quando o grau de dependência de uma pessoa idosa não é tão alto que precise de um cuidador para atender as demandas de higiene pessoal, alimentação, administração de medicamentos, surge a necessidade de uma pessoa que acompanhe este idoso em atividades como: compras, eventos sociais e culturais, viagens e outros. Essas atividades contribuem para o bem-estar do idoso auxiliando-o a manter-se ativo.

Aprimoramento no cuidado a pessoa com Doença de Alzheimer
Capacitar cuidadores formais (profissionais), auxiliares e técnicos de enfermagem para uma visão integrada e interdisciplinar, na área do envelhecimento patológico, em específico a Doença de Alzheimer, para a assistência junto a esses pacientes idosos, seja no âmbito domiciliar, hospitalar, clínica ou Instituições de Longa Permanência.

Cine Debate
Estimular, através da exibição de filmes, o debate entre os participantes com o foco no autoconhecimento, na revisão da história de vida, das realizações, da sociedade, possibilitando as modificações de papéis sociais, o desenvolvimento da capacidade crítica, da empatia e da oratória, de diferentes temas.

Gerações em Ação
O trabalho intergeracional é de extrema importância, pois as diferentes gerações acumularam saberes distintos e podem realizar uma rica troca através da integração de diferentes gerações, apresentando músicas e brincadeiras que fazem sucesso independentemente da época. Os idosos relembrarão sua infância e convidarão as crianças de sua família a viajarem no tempo; as crianças farão o registro deste encontro através de recursos audiovisuais atuais.

Longevidade: para quê? para quem?
O aumento da população idosa nas últimas décadas em todo o mundo tem sido responsável pelas alterações demográficas e socioeconômicas, mais acentuadas principalmente nos países em desenvolvimento, como o Brasil, onde há limitação na proteção social. A posição do idoso dentro da família e na sociedade como um todo, mudou drasticamente, dentre inúmeros fatores, pelos intensos processos de industrialização e urbanização, pelas transformações na estrutura de empregos, pela entrada da mulher no mercado de trabalho, e principalmente pela diminuição do tamanho das famílias. Vamos então refletir sobre as condições e possibilidades na longevidade através de palestras e debates com temas variados.

Minha vida, nossa história
Os anos de vida trazem uma riqueza de experiências, conhecimentos e histórias acumuladas que devem ser extremamente valorizadas. Resgatar a própria história de vida é resgatar também um contexto coletivo social, político e econômico em que se estava inserido e, desta forma, resgatar trajetórias similares a sua. O objetivo desta ação é resgatar a memória autobiográfica, refletindo sobre a trajetória de vida e elaborando textos baseados nas histórias resgatadas.

Oficina de Memória
Uma das principais queixas relacionadas ao envelhecimento é a perda de memória. Muitos acreditam que esquecer no envelhecimento é normal, mas isso não é verdade! Nosso cérebro precisa estar constantemente em exercício para continuar funcionando bem e minimizar as perdas relacionadas ao envelhecimento. É preciso usar para não perder! Vamos então aprender sobre o funcionamento da memória e buscar a manutenção da capacidade cognitiva através de estratégias apresentadas para otimizar a memória no cotidiano.

Minhas redes sociais
O mundo está cada vez mais digital e os idosos estão cada vez mais utilizando as tecnologias, incluindo as redes sociais, que muito mais que uma forma de passatempo, tornou-se fonte de novos conhecimentos, comunicação e interações, onde é possível trocar experiências com pessoas com problemas similares, e evitar a solidão e isolamento social. O objetivo é, utilizando o smartphone ou iphone, trabalhar nas principais redes sociais: WhatsApp, Facebook, Instagram, Youtube, Twitter e Linkedin.